Visite aqui a nossa loja!

Farmácia de Família

Prevenção

A sua melhor decisão de sempre? Deixar de fumar

Farmácia de Família


Sabia que em Portugal uma em cada dez mortes na populaçã
o adulta é causada pelo tabaco? E que esse número sobe para uma em cada quatro mortes quando nos referimos ao grupo etário dos 50-59 anos? Sabia que em média estima-se que os fumadores vivam menos 10 anos que os não fumadores?

O consumo de tabaco é um grave problema de saúde pública a nível mundial e é a maior causa de morte evitável do mundo. Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS) o tabaco mata atualmente cerca de 7 milhões de pessoas todos os anos e poderá vir a matar mais de 8 milhões por ano, até 2030.

Fumar mata!
Fumar mata!


A lista de complicações associadas ao tabagismo é longa e inclui:

  • Complicações respiratórias – tosse, asma, DPOC, cancro do pulmão (e outros tumores das vias respiratórias) e infeções respiratórias;
  • Complicações cardiovasculares – hipertensão arterial, taquicardia, aterosclerose, AVC, doença coronária e insuficiência cardíaca;
  • Reprodutivas – infertilidade; parto prematuro, baixo peso do bebé à nascença e futuras doenças respiratórias para estas crianças; na mulher que fuma e toma a pílula pode ocorrer enfarte, embolia pulmonar e trombose;
  • Outras – úlceras gástricas, cancro do estômago e pâncreas.

Se acha que estas são razões mais que suficientes para decidir deixar de fumar, então leia este artigo para saber o que tem à sua disposição para o ajudar nesta tarefa.

Esta é uma missão possível. Fale com o seu farmacêutico ou médico!

Complicações cardiovasculares e respiratórias
Complicações cardiovasculares e respiratórias


Quer deixar de fumar?

Parar de fumar não é uma tarefa fácil e, se há quem consiga deixar de o fazer com relativa facilidade e sem desenvolver os sintomas de privação, outros encontram grandes dificuldades em consegui-lo.

A nicotina, responsável pela dependência do tabaco, afeta vários órgãos e sistemas, em particular os recetores cerebrais associados ao sistema de recompensa. Quando se pára de fumar o organismo tenta ajustar-se à ausência de nicotina. Podem surgir, então, os sintomas de abstinência que podem ser muito desagradáveis e difíceis de suportar levando a recaídas.

Perigos do tabaco na gravidez
Perigos do tabaco na gravidez


Sintomas de abstinê
ncia:

  • Sentimento de tristeza;
  • Insónia;
  • Dificuldade de concentração, inquietação, nervosismo e irritabilidade;
  • Diminuição da frequência cardíaca;
  • Sensação de fome;
  • Desejo de fumar.

Assim, pode haver necessidade de recorrer a produtos de suporte que podem ajudar a deixar de fumar, diminuindo os sintomas de privação.

Efeitos da dependência da nicotica
Efeitos da dependência da nicotica


Temos disponíveis duas abordagens terapêuticas: com ou sem nicotina.

  • Terapêutica com nicotina (de venda livre) – neste tipo de terapêutica, o organismo continua a receber a nicotina, que será reduzida gradualmente, evitando-se assim os sintomas da privação. É imperativo que a pessoa deixe mesmo de fumar enquanto utiliza estes produtos, pois há o risco de sobrecarga de nicotina no organismo;

  • Gomas, pastilhas, comprimidos para chupar e películas orodispersíveis - que se mastigam/deixam dissolver na boca quando a pessoa sente necessidade de fumar; a nicotina vai-se libertando na boca e é absorvida pelo sangue; ao longo do tratamento, a dose de nicotina vai sendo reduzida;

Adesivos transdérmicos de nicotina
Adesivos transdérmicos de nicotina

 

  • Adesivos (sistemas transdérmicos) – aplicam-se na pele (braço ou tronco) de 24/24h, alternando-se o local; a nicotina passa através da pele para o sangue ao longo das 24h; esta terapêutica pode estender-se por 8-10 semanas, ao longo das quais a dose de nicotina vai sendo gradualmente reduzida;

  • Terapêutica oral sem nicotina (sujeita a receita médica) – o tratamento pode prolongar-se por 8-12 semanas e terá de ser indicado por um médico que poderá optar pela vareniclina ou bupropiom.

A grande decisão de deixar de fumar
A grande decisão de deixar de fumar


Há sempre vantagens em deixar de fumar.

  • Parar de fumar diminui o risco de morte prematura;

  • Um ex-fumador reduz para metade o risco de sofrer uma doença cardiovascular (após 5 a 15 anos, o risco de AVC é igual ao dos não-fumadores);

  • Após 5 anos sem fumar o risco de cancro da boca e do esófago diminui para metade;

  • Após 10 anos sem fumar o risco de cancro do pulmão diminui para metade.

Deixar de fumar é a melhor decisão que um fumador pode tomar! Melhore a sua saúde e a saúde daqueles que o rodeiam!


Fontes
iSaúde
Revista Farmácia Distribuição

 

 

Também lhe poderá interessar