Visite aqui a nossa loja online!

Dor & Alívio

Sistema digestivo

Parece que vou rebentar... Indigestão

Dor & Alívio


Dispepsia é a palavra usada para caracterizar a sensação de dor e ardor no estômago, que vulgarmente chamamos de má digestão.

No entanto a dispepsia poderá estar associada a outras patologias e não a uma simples indigestão.

Existem dois tipos de dispepsia: a funcional, onde não existe nenhuma doença associada, sendo a mais comum, e a orgânica, que está relacionada com a existência de alguma patologia.

Todos podemos sofrer esporadicamente de uma má digestão, mas quando estes episódios são recorrentes podemos falar da condição de dispepsia funcional.


O que pode causar dispepsia orgânica:

  • Úlceras gástricas e duodenais;
  • Gastrite;
  • Obstipação;
  • Cancro gástrico;
  • Infeção pela bactéria Helycobacter pylori.

Dispepsia funcional - maus hábitos alimentares
Dispepsia funcional - maus hábitos alimentares


O que pode causar dispepsia funcional – não ulcerosa:

  • Maus hábitos alimentares;
  • Ingestão de refeições muito pesadas;
  • Ingestão de grande quantidade de comida;
  • Comer muito depressa;
  • Consumo de bebidas alcoólicas e gaseificadas;
  • Ansiedade e depressão;
  • Medicamentos – anti-inflamatórios e antibióticos;
  • Infeção pela bactéria Helycobacter pylori.

A bactéria Helycobacter pylori é uma espécie que coloniza a mucosa do nosso estômago, sendo possível conviver amigavelmente sem que nos cause nenhum trastorno. Por vezes, esta bactéria pode tornar-se mais agressiva, sendo nesse caso responsável pelo aparecimento de úlceras, gastrite e mesmo cancro do estômago.


Sintomas da dispepsia

  • Desconforto ou dor no estômago;
  • Sensação de estômago muito cheio;
  • Náuseas;
  • Eructação (arrotos);
  • Flatulência.

Alívio com sais digestivos
Alívio com sais digestivos


Dicas para evitar a indigestão

  • Comer devagar – mastigar bem os alimentos deixando os sucos salivares atuarem, facilitando posteriormente a digestão no estômago;
  • Não comer grande quantidades de uma vez só, fracionando as refeições durante o dia;
  • Evitar alimentos que possam causar indigestão – carnes com muita gordura, comidas muito condimentadas e com molhos, enchidos e fritos;
  • Após a refeição evitar deitar-se ou ficar sentado – o ideal é fazer uma pequena caminhada;
  • Tomar medicamentos que ajudem na digestão.


Tratamento

Apesar da dispepsia não ser uma doença grave pode afetar a qualidade de vida de quem a sofre. No entanto é facilmente tratável. Procurar aconselhamento é sempre a melhor solução.

 

Antiácidos

A toma de antiácidos após a refeição ajuda a aliviar temporariamente a sensação de ardor. Os antiácidos vão ajudar a neutralizar a ácido que existe no nosso estômago. 

Os antiácidos existem na forma de comprimidos para chupar ou comprimidos efervescentes ou pós para diluir em água.

 

Inibidores da bomba de protões

Para um alívio mais duradouro podem ser tomados os chamados inibidores da bomba de protões, mais conhecidos como “protetores do estômago”, que diminuem a acidez do estômago.

No caso de a dispepsia ser provocada pela bactéria H. pylori, há necessidade da toma de antibiótico.


Fontes
iSaúde
Revista Farmácia Distribuição

 

 

Também lhe poderá interessar